Anatel: agora é conciliar os
interesses público e privado

07/10/2019

O novo marco legal das telecomunicações abre a chance de um realinhamento dos interesses público e privado em prol do desenvolvimento, especialmente com a expansão de redes e serviços de conectividade. Mas é preciso saber aproveitar essa oportunidade, afirmou o presidente da Anatel, Leonardo Morais.

À Agência Telebrasil, o executivo lembrou que a nova legislação é a principal reforma microeconômica desde a desestatização do setor, mas que não pode ser compreendida como ‘um toque de midas’. Para Morais, as novas regras abrem uma janela de oportunidade para a construção de um novo contexto, no qual a telefonia fixa perde espaço para a banda larga como eixo central de política pública.

“Para aproveitar essa janela de oportunidade, precisamos ser céleres e buscar conciliar os interesses público e privado. E é preciso que se faça de forma adequada, justa e correta toda a valoração dos ônus que deixam de existir no âmbito da concessão e dos compromissos de investimento que serão demandados em contrapartida”, acrescentou. Assistam à entrevista com Leonardo Morais, presidente da Anatel, realizada logo após a aprovação do projeto no Senado.

Anatel - Agência Nacional de Telecomunicações

Acompanhe as notícias do setor na AGÊNCIA TELEBRASIL

Sociedade é quem ganha com o novo marco legal de telecom


Para o presidente-executivo do SindiTelebrasil, Marcos Ferrari, a atualização da LGT abre caminho para que seja privilegiado o essencial, a banda larga. “Com a nova lei, o setor dá um passo à frente, mas a sociedade dará 10.” Leia mais

Lei abre espaço para a expansão da banda larga


Para o presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado Federal, Vanderlan Cardoso, atualização da legislação é uma resposta à necessidade de se dar conectividade para todos. Leia mais

País sai do atraso com o avanço das telecomunicações


"Abrimos as portas para um novo momento. Atualizar a legislação é importante para que os investimentos aconteçam", diz a relatora do texto final da nova lei, senadora Daniella Ribeiro. Leia mais


Copyright © 2017-2019 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações ... Todos os direitos reservados

Produção e edição:Editora Convergência Digital