“Sobrecarga fiscal e visão de futuro”

Sob o título “Sobrecarga fiscal e visão de futuro”, Werneck, que é doutor pela Universidade de Harvard e professor da PUC-Rio, chama atenção para a incidência de grande parte do imposto sobre as camadas menos favorecidas da população e dá o exemplo de que 82% dos mais de 190 milhões de aparelhos celulares são da modalidade pré-paga. “É sobre o povão, portanto, que boa parte da sobrecarga fiscal vem recaindo. (...) O que se vê agora é o País taxando pesadamente seu futuro”, diz o economista.

Leia, a seguir, a íntegra do artigo.

“Sobrecarga fiscal e visão de futuro

Rogério L. F. Werneck

A preservação do atual regime fiscal, que há mais de 15 anos vem exigindo aumento sem fim da carga tributária, põe em risco a sustentação do dinamismo da economia brasileira. Se não for possível conter a expansão do gasto público dos três níveis de governo, o aprofundamento requerido da extração fiscal acabará por sufocar aos poucos o crescimento econômico do País. São conclusões que advêm da análise agregada dos dados. Mas essa perspectiva do problema pode e deve ser complementada por visões mais específicas, microeconomicamente, de como a sobrecarga fiscal, que hoje recai sobre a economia brasileira, conspira contra o futuro do Brasil.

Estima-se que a carga tributária bruta esteja hoje em torno de 35% do PIB. Mas isso é apenas uma média. Há segmentos da economia que arcam com taxação muito mais pesada. A carga fiscal que recai, por exemplo, sobre serviços de telecomunicação e certos produtos importados é muito maior. E deixa patente a deplorável visão de futuro que permanece entranhada no sistema tributário brasileiro.

Leia mais...

Paulo Bernardo comenta números da TELEBRASIL sobre banda larga

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, comentou na última segunda-feira, dia 17, o índice de 71% de crescimento no número de acessos de banda larga no Brasil divulgado pela TELEBRASIL – Associação Brasileira de Telecomunicações. As declarações do ministro foram publicadas na versão on-line do jornal Valor Econômico. Leia, a seguir, na íntegra, o texto da matéria em que consta o comentário de Paulo Bernardo.

“Governo discute banda larga com entidades de defesa do consumidor

Valor On-line

BRASÍLIA – Ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, recebe amanhã (18) entidades de defesa do consumidor para discutir o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL). A audiência com o ministro está prevista para as 16h30 e contará com a presença de representantes do Procon, do Instituto de Defesa do Consumidor (Idec) e da Associação Pro-Teste. Na semana passada, Bernardo recebeu as entidades que representam os provedores de acesso à Internet com atuação regional. Em entrevista divulgada hoje pela assessoria pela assessoria do órgão, o ministro afirma que retomará nas próximas semanas as discussões técnicas com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Leia mais...

Banda larga: acessos cresceram 71% no ano passado

De acordo com a TELEBRASIL, os serviços de banda larga das prestadoras privadas tiveram, em 2010, um crescimento de 71% em sua base, fechando o ano com 34,2 milhões de acessos fixos e móveis. Ao longo dos últimos 12 meses, foram ativadas 14,2 milhões de novas conexões. Veja, a seguir, a íntegra do press-release enviado à imprensa.

“Acessos em banda larga crescem 71% em 2010

As prestadoras privadas de Internet rápida ativaram 27 acessos por minuto ao longo do ano passado, chegando a 34,2 milhões de clientes.

Brasília, 13 - Os serviços de banda larga das prestadoras privadas apresentaram em 2010 um crescimento de 71% em sua base, fechando o ano com 34,2 milhões de acessos fixos e móveis. Segundo levantamento da TELEBRASIL – Associação Brasileira de Telecomunicações, ao longo dos últimos 12 meses foram ativadas 14,2 milhões de novas conexões, o que significa que a cada minuto 27 novos clientes passaram a ter acesso à Internet rápida no Brasil.

A evolução dos serviços compreende os acessos em banda larga fixa, modems de conexão à Internet móvel e terminais de terceira geração (3G), como os smartphones. Neste último segmento, o crescimento chegou a 257% no ano, passando de 4 milhões em dezembro de 2009 para 14,6 milhões no fim do mês passado.

Leia mais...

TELEBRASIL registra "O ICMS nas telecomunicações" publicado no O Estado de São Paulo

Pela relevância do tema para a sociedade brasileira, a TELEBRASIL – Associação Brasileira de Telecomunicações destaca o texto "O ICMS nas telecomunicações", cujo jornal O Estado de São Paulo, em sua edição de segunda-feira, 10 de janeiro de 2011, publicou na seção "Notas e Informações".

Clique, aqui, para ler o texto em sua íntegra.

cadastre sua empresa

Associados

Fique Informado!

Cadastre-se para receber nossas novidades.

Recomende aos amigos!

logo-telebrasil 11

  

TELEBRASIL


foto-localizacao-telebrasil 

Razão Social: TELEBRASIL - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE TELECOMUNICAÇÕES
Tel.: +55 (21) 2244-9494
Fax:+55 (21) 2542-4092
CNPJ/MF: 42.355.537/0001-14
Inscrição Municipal: 01.062.450

E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.