Índice de reclamações na Anatel cai 28% nos últimos quatro anos

SindiTelebrasilDesde 2015, número de queixas tem apresentado queda, fruto de investimentos e de ações de melhoria da qualidade e do atendimento
Brasília, 27/12/18 – Desde 2015, o índice de reclamações feitas pelos usuários de serviços de telecomunicações na Anatel caiu 28%. Essa redução vem sendo verificada pelo quarto ano consecutivo e é resultado da implantação de ações pelas prestadoras para a melhoria do atendimento ao consumidor, entre elas, os serviços digitais.
27-12-2019-indice-reclamacoes-anatel
De acordo com dados da agência reguladora, as reclamações em 2015, de janeiro a novembro, somaram 3.745 e no mesmo período de 2018 foram 2.688. Nesses últimos quatro anos, a redução no número total de acessos foi de 12%.
O setor de telecomunicações tem investido cerca de R$ 28 bilhões ao ano, em todo o País, especialmente em expansão de serviços e melhoria da qualidade. Nos últimos anos, telecomunicações foi o setor que registrou o maior índice de solução de problemas apresentados pelos consumidores aos Procons, 83,7%. Também resolveu 88,6% dos problemas apresentados no Consumidor.gov, segundo a Senacon, do Ministério da Justiça.
Uma análise precisa dos dados sobre reclamações deve sempre adotar o critério da proporcionalidade sobre o universo total de clientes. O setor tem no Brasil cerca de 330 milhões de clientes, entre os serviços de internet, telefonia fixa e móvel e TV por assinatura.