Anatel: fake news que associam riscos à telefonia móvel não têm respaldo técnico

12-08-2019-fake-newsO uso de frequências radioelétricas como as que usamos no celular é intenso e ubíquo, a começar pelos lares. "Nas nossas residências, usamos WiFi em frequências de 2,4 GHz e 5 GHz, e esta é ainda mais alta do que teremos no 5G, em 3,5 GHz. Então [o risco] é algo que não faz sentido tecnicamente falando", afirma o gerente de Espectro, Órbita e Radiodifusão da Anatel, Agostinho Linhares.