Dificuldades para implantar
infraestrutura travam 5G no País

07/12/2018

O Brasil ainda sofre com gargalos que já afetaram o desenvolvimento do 3G e do 4G e que serão ainda mais evidenciados na busca pelo 5G. Em particular, a grande dificuldade de uso de infraestrutura passiva, notadamente nos centros urbanos do País, como o licenciamento para a instalação de antenas.

“Uma das poucas certezas que já existem sobre o 5G é que ele vai precisar de mais antenas e a maior parte delas alimentada por fibras ópticas. Isso significa cavar chão para implantar rede. E sem resolver o acesso a isso, o 5G não acontece”, afirmou à Newsletter da Telebrasil o diretor de Banda Larga do MCTIC, Artur Coimbra.

O executivo participou do 5G Global Event, organizado pela Telebrasil, nos dias 28 e 29 de novembro, no Rio de Janeiro. O diretor de Banda Larga do MCTIC lembrou que o 5G vai exigir uma participação maior das autoridades. “Não se pode mais impor tantas dificuldades à implantação de infraestrutura.” Assistam à entrevista.

MCTIC - Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações

Acompanhe as notícias do setor na AGÊNCIA TELEBRASIL

Painel Telebrasil 2019


A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais

5G tem vários desafios a serem enfrentados pelo Brasil


A prioridade é permitir que se crie uma infraestrutura com capacidade para conectar as milhares de estações radiobase que serão necessárias para a quinta geração da telefonia móvel, observa o presidente da Telebrasil, Luiz Alexandre Garcia. A participação em um evento global é a prova da relevância do País na indústria mundial de telecomunicações. Leia mais


Copyright © 2017-2018 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações ... Todos os direitos reservados

Produção e edição:Editora Convergência Digital