São Paulo tem 700 pedidos na fila para instalação de antenas

06/09/2018

A maior cidade do Brasil não libera a instalação de novas antenas de celular há mais de cinco anos e há pelo menos 700 pedidos das prestadoras na fila. Para o presidente da Abrintel, Lourenço Coelho, a aprovação do PL 751/13 é urgente.

“São Paulo tem uma deficiência enorme de antenas, precisa triplicar o número. E a deficiência é mais grave nas áreas mais pobres, no extremo Leste e no extremo Sul. Tem região de 560 mil habitantes sem uma única torre”, destaca.

A expectativa do setor é pela aprovação do PL 751/2013, que promete reduzir a burocracia e agilizar o licenciamento – o que segundo a Lei Geral das Antenas (13.116/15), aprovada no Congresso Nacional, deveria ser feito em no máximo 60 dias.

À Newsletter da Telebrasil, Lourenço Coelho sustenta que não há como defender melhores serviços de telecomunicações sem a implantação da infraestrutura. “Sem antena não tem 5G, não tem Internet das Coisas. O 5G vai requerer 20 vezes mais antenas que o 3G. Não vai ter como escoar os dados.” Assistam à entrevista com o presidente da Abrintel, Lourenço Coelho.

Abrintel: Associação Brasileira de Infraestrutura para as Telecomunicações

Veja mais matérias da Newsletter da Telebrasil

Anatel: antenas de celulares não fazem mal à saúde dos brasileiros


Agência enfatiza que são utilizados os mais modernos sistemas de controle para assegurar o cumprimento dos limites de radiação determinados pela Organização Mundial da Saúde. Leia mais

São Paulo precisa de mais conectividade para ser uma cidade inteligente


“Sem a aprovação do PL das Antenas, que está na Câmara dos Vereadores, será muito difícil que o avanço da tecnologia aconteça”, adverte o secretário de Inovação e Tecnologia da cidade de São Paulo, Daniel Annenberg. Leia mais


Copyright © 2017-2018 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações ... Todos os direitos reservados

Produção e edição:Editora Convergência Digital