Telecomunicações têm papel decisivo na transformação digital

30/07/2018

O modelo de telecomunicações ficou arcaico e precisa ser mudado para incentivar uma expansão maior da fibra óptica, observa o diretor de Transformação Digital da Frost & Sullivan, Renato Pasquini.

Para o especialista, se nos últimos 20 anos foram feitos investimentos relevantes para universalizar as telefonias fixa e móvel, o passo a ser dado agora é massificar o acesso a dados por meio da fibra óptica.

“Esse movimento terá impacto na economia do Brasil. Já há uma expectativa com a expansão do 4G em 700 MHz, mas a fibra óptica é decisiva para a transformação digital”, reforçou Pasquini, lembrando que a fibra óptica também terá papel essencial na atualização das redes móveis para a nova fronteira que é o 5G. Assistam à entrevista com Renato Pasquini, diretor da Frost & Sullivan.

Veja mais matérias da Newsletter da Telebrasil

Privatização colocou o Brasil na vanguarda das telecomunicações


Para o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, duas décadas depois, o País caminha lado a lado das nações mais avançadas na oferta das modernas tecnologias. Leia mais

Anatel: números expressam o sucesso do modelo


O presidente da agência reguladora, Juarez Quadros, destaca o salto de qualidade com o fim do monopólio estatal. “As empresas investem cerca de R$ 30 bilhões anualmente, enquanto o Sistema Telebrás não conseguia fazer investimentos maiores que R$ 1 bilhão ao ano.” Leia mais


Copyright © 2017-2018 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações ... Todos os direitos reservados

Produção e edição:Editora Convergência Digital