Nova lei vai ampliar as vagas
formais em telecomunicações

07/12/2017

Um dos principais feitos da nova legislação trabalhista foi trazer segurança jurídica à terceirização, observa o diretor Jurídico da Telebrasil, José Américo. De acordo com ele, não é verdadeiro dizer que a terceirização precariza o trabalho. “Ao contrário, conforme ela foi aprovada, vai abrir vagas formais de trabalho em serviços”, atestou o executivo.

Em entrevista à Newsletter da Telebrasil, José Américo falou ainda sobre o teletrabalho, que deve aumentar muito, uma vez que há segurança jurídica para a realização desse tipo de jornada e também da jornada intermitente. “Ela é aplicável ao setor para agregar força de trabalho sazonal e melhorar a força de trabalho num momento de maior demanda”, explicou o advogado.

Com relação à Medida Provisória elaborada pelo governo para regularizar pontos da lei trabalhista e que ainda passará pelo crivo do Congresso Nacional, José Américo afirmou que ela traz insegurança no processo de tramitação, mas que tem pouco impacto para o setor. Às empresas de telecomunicações, o conselho é que aprofundem o estudo sobre as novas regras. Assistam à entrevista.

Veja mais matérias da Newsletter da Telebrasil

Reforma trabalhista: impactos positivos já se refletem no Brasil

Para o relator do projeto na Câmara dos Deputados, Rogério Marinho (PSDB-RN), a definição sobre o teletrabalho produz impacto imediato nos negócios relacionados a telecomunicações. Leia mais

Lei trabalhista só dará certo se trabalhadores e patrões interagirem, diz presidente da Feninfra


Vivien Suruagy considera que a modernização das regras trabalhistas trará benefícios imediatos para quase dois milhões de trabalhadores de prestadoras de serviços de telecomunicações e seus fornecedores. Leia mais


Copyright © 2017 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações ... Todos os direitos reservados

Produção e edição:Editora Convergência Digital