Estratégia Digital Brasileira será
concluída até o final do ano

10/10/2017

A proposta da Estratégia Digital Brasileira (EDB) deve ser concluída até o final do ano, segundo disse a diretora de Políticas e Programas Setoriais em Tecnologia da Informação e Comunicações do MCTIC, Miriam Wimmer, durante a sessão temática Estratégia Digital Brasileira: políticas para o futuro, no Painel Telebrasil 2017. Ela ponderou que a EDB está condicionada à aprovação do plano de conectividade, em fase final de elaboração no MCTIC.

José Henrique Menezes, diretor de Tecnologias Inovadoras do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), defendeu a criação de uma Câmara Interministerial de Inovação para viabilizar a Estratégia Brasileira Digital. Segundo ele, essa é uma ação que pode dar fôlego à iniciativa, pois contaria com a participação de diversos ministérios, órgãos públicos e da iniciativa privada, nos moldes da Câmara de M2M, criada no Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

Foto: Sérgio Dutti

E foi exatamente nessa linha que o secretário-adjunto da secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG), Angelino Caputo, defendeu o uso do poder de compra e da demanda governamental como respaldo para as ações da EDB. Caputo adiantou que o MPDG está desenvolvendo projetos estruturais que apoiarão a Estratégia Digital Brasileira.

Um deles, o GovData, reúne 30 bases de dados de órgãos públicos. Outro, o ConectaGov, garante a interoperabilidade dessas bases, enquanto a Plataforma de Cidadania garante o consumo dos serviços públicos de forma mais organizada e o Brasil Cidadão assegura a autenticação única dos usuários.

Organizada pelo MCTIC, a consulta pública encerrada no dia 20 de setembro teve como objetivo ampliar o debate e construir estratégias para a digitalização da economia no Brasil. Para isso, foi organizada em nove eixos: Infraestrutura e acesso; Pesquisa, desenvolvimento e inovação; Confiança no ambiente digital; Educação e capacitação; Dimensão internacional; Economia baseada em dados; Mundo de dispositivos conectados; Novos modelos de negócios; e Cidadania e governo digital. O Governo, agora, vai elaborar o texto final a partir das contribuições feitas à iniciativa.

Veja mais matérias da Newsletter Telebrasil



Prioridade é levar conectividade a quem não tem

Plano Nacional de Conectividade está na fase final e metas preveem backhaul de fibra em 75% dos municípios e 4G em 100%, segundo o secretário de Telecomunicações do MCTIC, André Borges. Leia mais



Banda larga precisa de investimentos acima de R$ 100 bilhões

Recursos permitiriam levar a banda larga para 90% da população em dez anos. Leia mais


Copyright © 2017 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações ... Todos os direitos reservados

Produção e edição:Editora Convergência Digital